Normas de apresentação dos textos para publicação na E.L.O.

Pede-se aos autores de artigos ou recensões o favor de, na elaboração dos seus textos, seguirem atentamente as normas adiante enunciadas. Chama-se a atenção para o facto de não haver tiragem de provas, pelo que os textos deverão ser enviados na sua forma definitiva.

I. Apresentação dos Originais

  1. Os originais devem ser enviado em formato digital, para o correio electrónico de um dos directores da ELO
  2. Os artigos não devem exceder 20 páginas. As notas e recensões não devem exceder 4 páginas.
    Poderão ser aceites textos com mais de 20 páginas, desde que susceptíveis de serem publicados em duas ou mais partes, em números sucessivos da ELO, facto que deverá ser indicado pelos respectivos autores.
  3. Cada página (de formato A4 e escrita a um espaço e meio) deve ter um máximo de 38 linhas.
  4. Os artigos devem ser acompanhados por um resumo de entre 15 e 20 linhas.
  5. Aceitam-se originais escritos em português, inglês, francês, italiano, espanhol, galego e catalão.

II. Aspecto Gráfico

  1. Depois do nome do autor (que se escreverá imediatamente abaixo do título), deve colocar-se um asterisco, remetendo para uma nota de rodapé. Nesta, indicar-se-á o endereço do autor (profissional ou pessoal).
  2. Todas as notas devem ser colocadas em rodapé. O número de cada nota deve ser colocado no final da frase a que diga respeito, depois do sinal de pontuação.
  3. Nas referências bibliográficas, devem adoptar-se as regras presentes nos exemplos seguintes:
    1. Livro:
      Teófilo Braga, Contos Tradicionais do Povo Português, 3ª ed., II, Lisboa, Publicações Dom Quixote, 1987, p. 58.
      Caso se trate duma obra traduzida de outra língua e se queira indicar o nome do tradutor, esta referência deve colocar-se imediatamente a seguir ao título da obra.
    2. Artigo ou capítulo de um autor incluído num volume colectivo:
      Vladimir Propp, “As Transformações dos Contos Fantásticos” in Tzvetan Todorov (org.), Teoria da Literatura. Textos dos Formalistas Russos, II, trad. de Isabel Pascoal, Lisboa, Edições 70, 1989, p. 136.
    3. Artigo publicado numa revista:
      Manuel da Costa Fontes, “Barca Bela in the Portuguese Oral Tradition”, Romance Philology, XXXVII , 3 (1984), p. 287.
      Caso se queira indicar a cidade em que a revista foi editada, esta referência deve ser colocada, entre parênteses, imediatamente a seguir ao título da revista.
  4. Caso seja usado o sistema de citação autor-data, a referência bibliográfica deve ser feita de acordo com o seguinte exemplo:
    (Fontes 1984: 287)
    No caso deste sistema de citação, a data, na bibliografia final, deve ser colocada entre parênteses e imediatamente depois do nome do autor. Ex.:
    FONTES, Manuel da Costa (1984), “Barca Bela in the Portuguese Oral Tradition”, Romance Philology, XXXVII , 3 : 282-292.
  5. Na bibliografia, os nomes dos autores com mais de um apelido devem ser alfabetados segundo o uso de cada língua. Exemplos:

    Português e inglês — pelo último apelido:
    VASCONCELOS, José Leite de; HYATT, Harry Middleton.
    Exceptuam-se os casos em que o autor usa os dois últimos apelidos unidos por um hífen: PINTO-CORREIA, João David; BRANDON-SWEENEY, B.

    Espanhol, catalão e italiano — pelo primeiro apelido:
    MENÉNDEZ PIDAL, Ramón; MILÀ i FONTANALS, Manuel; STEGAGNO PICCHIO, Luciana.
  6. Citações
    As citações que não ultrapassarem três linhas devem ser incorporadas no texto, entre aspas.
    As citações que ultrapassarem três linhas devem ser apresentadas recolhidas, sem aspas e escritas num tipo inferior ao usado no texto.
    Nas citações, as omissões devem ser assinaladas por [...] e os acrescentos devem ser colocados entre parênteses rectos.
  7. O título dos textos em verso, as palavras estrangeiras e as palavras ou frases cuja importância se quiser realçar devem ser escritos em itálico.
  8. As palavras usadas num sentido fora do comum devem ser escritas entre aspas.

III. Vária

A direcção da ELO acolherá com agrado todos os textos que lhe forem enviados, reservando-se, porém, o direito de os publicar ou não.

A direcção da ELO enviará os artigos a especialistas na área respectiva, que sobre eles farão um relatório, aconselhando a sua publicação ou não. Poderá ser sugerido aos autores dos artigos a alteração dos seus textos.

A decisão sobre a publicação dos textos será comunicada aos autores pela direcção da ELO num prazo de 60 dias.

Os autores de artigos receberão um exemplar do número da revista em que colaboraram e 12 separatas do seu artigo. Os autores de notas ou recensões receberão um exemplar da revista.

Obrigado desde já pelos vossos textos e pelo vosso interesse.

Imprimir Adicionar aos favoritos Enviar a um amigo

Send to a friend